sexta-feira, 9 de maio de 2008

APRESENTAÇÃO

Sou um jovem poeta
Que gosta de viver a vida,
Apenas de forma discreta
Como ela tem de ser vivida.

Pouco a pouco descobri meu talento
Como uma criança, nele cresci,
E as poesias que tomaram meu tempo
São pra te mostrar o que já vivi.

Ao ler minhas poesias não se assuste
Tente entendê-las com o coração,
Pois entendo, serás hospede ilustre
Da minha vida chamada “mansão”.

Se não gostar de minhas poesias
Não se precipite em jogá-las no chão,
Quem sabe qualquer dia
Elas digam o que quer dizer seu coração.

Se ao ler der vontade de chorar,
Ou até se quiseres sorrir,
Depois não venha me culpar
Isso só cabe a você decidir.

Nesse rito relato o meu dia-a-dia
Meus amores, opiniões, meus problemas,
Conto minha vida em forma de poesia
Pra viveres a tua em poema.

Nenhum comentário: