domingo, 17 de agosto de 2014

TRAGO



Trago poemas nos pés
a cada passo,

um e
outro,

um e
outro,

um e
outro

vai ficando pelo chão.

Nenhum comentário: