quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

VIDA

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma você pode aprender a dominar o tempo para que ele te ajude a organizar melhor as coisas. Você pode não saber ao certo quanto tempo vai demorar, mas sabe que uma hora chega. 
 
Enquanto o tempo acelera e pede pressa você pode cultivar os momentos de contemplação. Perceber que as pessoas são como poemas. Assistir ao espetáculo diário que a natureza nos proporciona gratuitamente e não percebemos. Por que estamos com pressa. Por que estamos com um celular na mão.


Enquanto todo mundo espera a cura do mal você pode plantar sementes de boas ações, sem a intenção de ser salvo ou ir para o céu, mas simplesmente por ser uma escolha que vai ajudar a propagar o que é bom e justo. E você pode fazer isso sem precisar de aplausos ou de fotos que comprovem.


Quando o corpo pede um pouco mais de alma é por que os passos que demos nos fizeram deixar partes dela pelo chão. Ou as pessoas que amamos ficaram com essas partes. Cicatrizes não são lembranças do que doeu, mas do que sobrevivemos. Porque a vida não para!


Mas falta tempo para perceber? Falta esforço para conseguir? Falta a constatação de que as mudanças são necessárias? Seja como for, quem quer saber? O mundo com os outros por perto é perigoso, mas sem esse risco não haveria o significado da existência.


A gente se reprime ou se expande de acordo com o que desejamos. E o nosso maior desejo é o de voar alto, ser livre, amar sem medida. Sonhar é o primeiro passo, mas se incomodar é um passo à frente. Vamos na valsa? A vida é tão rara.


---

Nenhum comentário: