sábado, 20 de fevereiro de 2016

SOL

Todo poeta é um sol,
que queima,
que brilha,
que aquece,
que apaga.

Nenhum comentário: