sexta-feira, 22 de julho de 2016

DA VOLTA


Eu aqui com meus demônios estou me perguntando
o que lhe trouxe novamente
e o que me trouxe novamente dentro desse
nosso aconchego tão estranho
que eu já não sei se você é mais aquela
na verdade, eu já me alegro por você não ser mais aquela
e eu também nem sou mais aquele

os demônios também parecem que já não são
mais tão demônios, juro que se você
forçar os olhos vai enxergá-los com harpa na mão
direita e a esquerda folheando uma
revista da avon e esfregando os dedos naquela
parte que vem com amostra do perfume

quase do mesmo jeito que eu esfrego o meu nariz
na sua nuca e deixo morrer nos seus cabelos


...

Nenhum comentário: