quarta-feira, 29 de abril de 2009

Repúdio ao plágio (5)

Amigos e amigas,


Vocês que acompanham este blog e aqueles que passaram a acompanhá-lo devido aos plágios soofridos por mim devem concorda comigo que grosseria e desrepeito só trazem mal a todos. Pois bem, gostaria de frisar algumas questões sobre toda essa história:

* Eu mantinha minha singela vida de blogueiro normalmente. Nunca tive pretenções de ser um ''pop-star'' da blogosfera. Meus blogs eram até então muito mais meus (permita-me a redundância) e para os amigos mais chegados e parentes;

* Por mais que desejasse não tinha plenas condições de saber quem visitava meus blogs.

* Nunca pensei em usar meus textos como minhocas pra pescar pessoas e ganhar admiradores, como já disse outrora: ''Escrevo para mim mesmo, talvez como fuga, talvez como alívio, sempre por prazer, para sobreviver poéticamente no meu próprio universo''.

* Quando soube dos plagios, minha primeira ação foi recorrer ao sistema de buscas do Google e para minha surpresa achei textos no blog da Cris e do Carlos Eduardo;

* ENTREI EM CONTATO com as pessoas que me plagiaram. Com o Carlos Eduardo por email (Quinta-feira, 9 de Abril de 2009, às 11:29). E com a Cris, por meio de comentários em seu blog;


* NÃO OBTIVE NENHUMA RESPOSTA de ambos;

* Então, resolvi mandar email para alguém mais próximo a Cris, o Mário, seu esposo.

* Nenhuma resposta recebi.

* Dias depois, o Mário, começou a postar em seu blog acusações de que eu teria plagiado sua esposa Cris.

Aonde quero chegar?

Antes de acusar as pessoas, eu as procurei. Se elas nao se pronunciaram a mim. o que posso fazer? O que não posso é admitir que agora queiram virar o jogo usando de má fé e atacando pessoas que não tem culpa nenhuma. Como aconteceu neste post do Mário, onde ele atacou a Grace por ela se posicionar ao meu favor.

LIVRE ARBÍTRIO é algo que todo ser humano tem. Se o Mário que ficar a favor da Cris, talvez ele não faça mais que sua obrigação como marido. Mas como cidadão, como ser espiritualizado, isso eu não posso dizer, pois não o conheço!

Creio que agora, que a fogueira foi acessa e outras pessoas estão escolhendo seus lados. Está por vir uma purgação e enfim a Verdade virá a tona em âmbito legal/moral/tecnológico/documental e ético.

Defendo a Betty
Defendo a Lucy
Defendo a Grace.

Defendo a moral. Defendo a mim.

Luto por respeito e transparência.


---
Post gentilmente dedicado a Grace.

14 comentários:

Luci Lacey disse...

Brunno

E isto mesmo, as pessoas nao comentam, mas acompanham.

A verdade sempre vence,

Beijinhos

Grace Olsson disse...

Olha, o post de ontem, nao foi necessariamente contra a Cristiane. E sim contra um comentariio da Geórgia no blog do Mário. E que me machucou, onde ela classificava as pessoas que falam sobre o tal plágio como vazias, invejosas, etc. Adjetivos que eu, definitivamente, nao sou. E eu escrevi e o Mario reagiu.
Assim como vc, eu escrevi a Cristiane, dizendo dos plagios, desde o primeiro momento que comentaram. Isso está com vários meses. Só que ela deletou os comentarios.
Infelizmente, é isso.
Nao tenho medo de nada.Nao cometi infracao alguma mas nao VOU FICAR AO LADO DE QUEM COMETE ESSE CRIME.
BOA SORTE!

maristela disse...

Brunno, não me arrependo um só segundo de ter abraçado esta luta, porque, como já falei outras vezes, é uma questão não-pessoal, mas ética - o uso não-permitido de criação intelectual sem ao menos creditar a autoria. Na verdade, eu não te avisei sobre o plágio na Cris, eu soube, fui ao blog em que ela te plagiara mais recentemente, vi teus pedidos de retirada do post e aí então comecei a me integrar à tentativa de fazer justiça a quem merece, no caso você. Até porque você sabe cuidar bem do que é seu e já tinha visto que o estavam copiando sem necessidade de alerta.
E é absolutamente necessário não baixar a guarda e brigar pelo que é nosso. Sempre.
abraços
maristela

apoiofraterno disse...

Nunca recebi este e-mail a que você se refere. Este seu e-mail aqui reproduzido não consta da minha Caixa de Entrada. Vamos notificar o provedor para ver se o localizamos? Se você o enviou? Se ele se perdeu? Se não o entregaram? Nada tenho a opor quanto a isso. Se houver um meio, faremos isso. Quer que eu faça?

Se eu tivesse recebido o seu e-mail, eu responderia a você, se bem que não sei porque você o enviou para mim se o Fragmentos de Mim não era um blogue meu e sim da Cris. Por que não enviou o e-mail para ela?

Você está se comprometendo cada vez mais, pois eu nunca te acusei diretamente e foi você quem num post, acusou a Cris de plágio e difamou a imagem dela blogosfera a fora.

Não sei o que você pretende com essas falsas acusações, contudo continuarei defendendo a VERDADE. Não vou aceitar isso calado. Nunca me indispus com ninguém na blogosfera, mesmo porque não aprecio o estilo "fofoca na net", mas, infelizmente - ao insistir em acusar sem provas - você está me obrigando a adotar atitudes mais sérias em relação a este assunto.

ESPERO QUE A VERDADE APAREÇA MESMO!

DOA A QUEM DOER!

CUSTE O QUE CUSTAR!

Mário.

tita coelho disse...

Bruno,
continua na luta, é deprimente a atitude que estão tento contra ti!
Abraços

Cristiane disse...

Brunno,

Não pude ver seu
" comentário/contato " mencionado neste post, pois meu blog já tinha sido apagado.

Desejo, sinceramente, que tenha atingido o seu objetivo.

Como também desejo sinceramente, tudo de bom para você.

tita coelho disse...

Bruno,
peguei a copia de dois dos plágios e a do e-mail " que não chegou" e coloquei no meu blog, ok?
Fiz um post no meu blog e no do david sobre o assunto.

luzdeluma disse...

Agora Mário e Cris aparecem aqui? Meu Deux! como são previsíveis!!

A verdade não virá, ela está a olhos vistos para quer quiser enxergar! Está tudo documentado! Basta!

Fica bem!! Beijus

Luci Lacey disse...

Brunno

Forca Brunno, deletaram os blogs, mas vc tem como provar tudo.

Beijinhos

betty disse...

Nossa, até a Cristiane resolveu aparecer! Saiu da toca, finalmente!

Ela pode dizer o que quiser, mas quando está só com sua consciencia deve se sentir muito mal.

E tem mais, os blogs do doce e injustiçado casal foram deletados.
Quem sabe vão dizer que foram novamente invadidos por "vândalos"...

Acabou a farsa.

beijinho

Sheherazade disse...

Bruno,
Isso que fizeram com os seus textos é vergonhoso e desonesto. Não podemos nos acomodar a situações assim, a exemplo do que acontece na política, onde os presumíveis "bem-comportados" calam-se ante as "tripulias" dos "meninos travessos" e tudo corre à revelia e em detrimento da ética e da decência. Apoio a Grace, a Luci e a Betty, pessoas de conduta irrepreensível e de comprovado bom caráter, cuja responsabilidade jamais poriam em risco fazendo denúncias vazias, sem consistência. Apoio a você também, um excelente escritor.

Grande abraço!

Anunciação disse...

Em frente,amigo!Você tem pessoas maravilhosas que te apoiam,são éticas e merecem nosso respeito.

Rosamaria disse...

Bruno
Como estava por fora perdi de ler o que eles escreveram antes que os blogs fossem deletados, mas se as gurias, minhas amigas, estão te dando força podes contar com a minha.
Bjim.

Xaxeila disse...

O Bruno, parabéns por escrever assim tão bem a ponto de ter pessoas que copiam seus textos, kkkkkk, mas é estranho ficar dando control+c e control+v para por no blog, porque o legal do blogue é escrever e eu pensei que todo blogueiro gostasse de escrever, eu tenho ciúmes de alguns textos meus e outros não tenho. Mas eu acho que eu ia levar um susto e me sentiria violentada se eu abrisse um blogue e desse de cara com um texto meu, Deus me livre! Pena que isso aconteceu com você. É a primeira vez que visito o seu blog e admito que gostei muitíssimo dos textos, parabéns!