sábado, 3 de julho de 2010

Das leituras de Matthew Kelly

Matthew Kelly escreveu em Os sete níveis da Intimidade:


"Mesmo o que não dizemos e não fazemos revela algo sobre nós" (Pág. 16)

"Receamos que as pessoas deixem de nos amar se nos conhecerem de verdade" (Pág.20)

"Quando revelamos nosso conflitos, damos aos outros coragem para fazer o mesmo" (Pág.21)

"A sensação de ninguém nos conhece de verdade pode ser uma das formas mais debilitantes de solidão e é gerada por noss própria falta de disposição para nos revelar" (Pág. 22)

"O mais fascinante não é o que as pessoas pensam ou no que acreditam,
mas o motivo que as fez acreditar naquilo" (Pág. 26)

"Antes de aprender a estar com outra opessoa, você precisa aprender a ficar sozinho" (Pág. 31)

"... é necessário ficar só para descobrir o enorme valor da solidão. As pessoas realmente excepcionais fizeram essa descoberta" (Pág. 32)

"A verdade tragédia acontece quando achamos que já conhecemos alguém e paramos de procurar descobrir essa pessoa" (Pág. 34)

"Intimidade nem sempre significa descobrir coisas novas. Algumas vezes significa ver de maneira diferente aquilo que sempre estev na sua frente" (Pág. 34)

"É o propósito que nos inspira a respeitar nossos compromissos" (Pág. 40)

"Quando a gente se concentra no que é bom, em vez de focar o que é errado, a vida melhora consideravelmente" (Pág. 50)

"Agradecer aquece a alma e nos lembra que a vida é um privilégio extraordinário" (Pág. 51)

"A disciplina é a estrada que leva à plenitude da vida" (Pág. 54)

"Ser livre é ser capaz de escolher" (Pág. 55)

3 comentários:

Ana Andreolli disse...

ahhh que máximo essas frases ^^

Luma Rosa disse...

Pessoas se escondem e não vivem integralmente seus relacionamentos. Conviver seria tão mais fácil!

Mima disse...

Qd vc me empresta o livro?