segunda-feira, 18 de abril de 2016

BELO

Os olhos,
como adorno da alma
lançam para dentro de nós
a beleza que do
mundo brota.

Crianças. Pétalas, nuvens.
Pássaros. Cores
e formas avulsas.

O belo não tem padrão.

Nenhum comentário: