quarta-feira, 20 de abril de 2016

CALA


Tuas poucas palavras
são como um silêncio.
Que me cala também.

Nenhum comentário: